SÉ DE BRAGA 1128-1178/1230/Séc. XV- XVI-XVIII


SÉC. XI
SÉC. XII
SÉC. XIII-XV
SÉC. XVI
SÉC. XVII-XVIII
  • Sé de Braga
  • Sé de Braga
  • Tumulo D.Afonso

A catedral de Braga foi iniciada antes da formação de Portugal, sendo a sua igreja sagrada em 1089, durante o arcebispado de D.Pedro. Alguns arqueólogos supõem que D.Pedro incluiria uma cabeceira com deambulatório e capelas radiais, e um transepto de 3 naves, procurando rivalizar com a de Santiago de Compostela. O seu sucessor D.Geraldo morreu e este plano sofreu alterações. No inicio do séc. XII, a Sé de Braga é praticamente destruída pelos defensores de D.Teresa. A sua reconstrução vai acontecer durante o arcebispado de D.Paio Mendes (1118-1137) com o apoio de D.Afonso Henriques. A planta é alterada, sofrendo uma retração, e deixando de fora da fachada norte uma da capelas do transepto , cujo absidíolo (Capela de S.João) é hoje visível no "Claustro" de Santo Amaro. Essa reconstrução durou até pelo menos 1176, e influenciou a arquitectura religiosa românica que viria a ser construida no norte de Portugal.
Foi alicerçada sobre a antiga cidade romana de Bracara Augusta. Ao contrario do que aconteceu noutras cidades europeias, esta Catedral não foi construida no centro da cidade romana, mas sim na sua periferia, junto à muralha. A cidade medieval , esta sim vai se desenvolver concentricamente em volta da Catedral.
Já na época romana, este era um espaço de alguma sacralidade. Vestigios arqueologicos junto à capela-mor da Sé de Braga testemunham a existencia de um prévio templo romano.
Outro testemunho na cabeceira da catedral é uma pedra integrada na sua parede , com uma inscrição da época romana dedicada a uma divinidade Egípcia Isis
Por ser um espaço sagrado já na época romana, tudo leva a crer que já existiria aqui um templo cristão, antes da construção desta Sé Catedral nos finais do séc. XI com o Bispo D.Pedro.

VISITA VIRTUAL 360º


VIDEO AÉREO


CRONOLOGIA HISTORICA

  • 877

    D.Afonso III manda fazer o repovoamento da cidade

  • 905

    D.AFONSO III manda fazer nova delimitação do termo de Braga, confirma ao metrolpolita bracarense Flavino, residente em Lugo, a propriedade dos domínios eclesiasticos e o diereito de receber o censo devido

    Provavel reedificação da basília paleo-cristã de Braga

  • 910

    D.Afonso III faz a Conquista definitiva da linha do Douro

  • 1002 1065

    D.Fernando Magno faz a conquista definitiva da linha do Mondego

  • 1065 1073

    Divisão do reino pelos filhos de Fernando Magno

    D.Garcia : Galiza
    D.Sancho : Castela
    D.Afonso : Leão

  • 1085

    A Ordem de Clunny entra em Portugal ; introdução do Românico

  • 1089

    O Arcebispo D.Pedro inicia a construção da catedral e o novo altar foi sagrado em 1089, estando pronta apenas a cabeceira do templo

    O arcebispo D.Pedro exige o reconhecimento dos legítimos direitos da sua catedra metropolitana, com a oposição dos bispos de Compostela, Lugo e Toledo e do rei D.Afonso VI

  • 1091

    O Arcebispo D.Pedro é excomungado e deposto

  • 1097 1100

    Constituição do Condado Portucalense

    O Conde D.Henrique consegue sentença favorável à nomeação do Arcebispo D.Geraldo (monge da Ordem de Clunny)

My Image
My Image